Reduza os gastos do seu salão em 3 passos
29 de setembro de 2017
0

Como todo gestor que se preze sabe, é essencial para a saúde financeira de um negócio ter plena consciência de todos os gastos que o salão gera por mês, tanto os fixos quanto os variáveis, e se cada um deles realmente vale a pena. Saiba como reduzir os gastos do seu estabelecimento com as nossas dicas:

1. Analise todos os seus gastos
É fundamental colocar todo o controle financeiro do salão na ponta do lápis periodicamente para observar tanto o dinheiro que entra quando o dinheiro que sai. Liste todas as suas despesas fixas e variáveis, crie prospecções de lucro e tenha uma visão mais clara do que acontece em seu fluxo de caixa e, principalmente, o que você deseja melhorar nele. Assim, você saberá onde está gastando mais do que deveria e o que pode ser cortado.

2. Faça um planejamento estratégico
A partir do plano de negócios é que se percebe se uma empresa tende a dar certo ou não, ditando inclusive o momento certo para isso. É esse planejamento que faz com que o gestor saiba se está em seu devido lugar para dar início a seu projeto e eliminar o maior número de riscos possível para viabilizá-lo, saber se valerá a pena, em quanto tempo seu investimento dará retorno e todas as prospecções que um salão pode exigir para mensurar sua qualificação para manter-se no mercado. O plano de negócios também serve como o guia que mostrará o norte a ser tomado em cada uma das decisões tomadas em relação ao seu salão, tanto da sua parte quanto da parte da equipe escolhida para o estabelecimento, além de indicar o que pode ser melhorado cada vez que existir algum desvio desse planejamento ou que exista alguma possibilidade de investimento para impulsionar o salão.

3. Aja!
Depois de dois passos mais analíticos, é hora de colocar tudo em prática. Uma alternativa interessante é desenvolver uma espécie de manual com as medidas certas de produtos a serem utilizados em cada serviço para evitar o desperdício (usar produtos com embalagem “pump” facilita esse processo). Você pode cobrar pelo uso de água morna/quente para lavagem dos cabelos, utilizar lâmpadas de led (que consomem menos energia), orientar seus colaboradores com a política de economia para o progresso coletivo, ter um controle de estoque sempre atualizado, negocie opções de pagamento e pechinche o máximo que puder em qualquer uma dessas negociações.